Como Botar Música No Tumblr

27 Nov 2018 12:42
Tags

Back to list of posts

[[image https://d2v9y0dukr6mq2.cloudfront.net/video/thumbnail/N8fwUuSulijjlinqs/connecting-people-business-network-social-media-service_v_ow1rqug__F0004.png"/>

<h1>Medium: Teu Pr&oacute;ximo Site (se Voc&ecirc; Ainda Depender De Um)</h1>

<p>Um alimento que assist&ecirc;ncia a secar a barriga, um suplemento para ceder mais energia ao longo do treino ou um novo exerc&iacute;cio para deixar o “bumbum na nuca”. Supostamente, ningu&eacute;m necessita recorrer a um m&eacute;dico ou um personal trainer para perder alguns quilinhos. Essas e algumas dicas supostamente inocentes, e tamb&eacute;m f&aacute;ceis de escoltar, s&atilde;o encontradas com a rapidez de um clique nos blogs sobre isto fitness, dieta e vida saud&aacute;vel. Entretanto at&eacute; onde essa consultoria virtual necessita deslocar-se pela exist&ecirc;ncia de quem est&aacute; tentando perder gordura? Para a nutricionista Talitta Maciel, do Espa&ccedil;o Reeduca&ccedil;&atilde;o Alimentar, n&atilde;o muito remoto. — &Eacute; imprescind&iacute;vel tomar muito cuidado ao acompanhar dicas de dietas de algumas pessoas, pois o que serviu e deu certo pra um pode ter efeito contr&aacute;rio em outro.</p>

<p>Nos sites, al&eacute;m de cada dica ser elaborada s&oacute; pra blogueira que escreve, elas n&atilde;o &eacute; sempre que s&atilde;o dadas por quem entende do quest&atilde;o. E, segundo a nutricionista, amparar h&aacute;bitos teoricamente saud&aacute;veis sem a orienta&ccedil;&atilde;o de especialistas pode resultar em danos &agrave; sa&uacute;de. — Essas infos se tornam perigosas quando as pessoas passam a ingerir suplementos ou medicamentos mostrados nos websites que s&atilde;o de emprego espec&iacute;fico da blogueira, indicados s&oacute; a ela por um profissional. Nos piores casos, at&eacute; j&aacute; as pr&oacute;prias blogueiras utilizam suplementos, dietas e treinos sem dire&ccedil;&atilde;o, o que agrava o risco de escoltar as dicas.</p>

<p>N&atilde;o se trata de limitar os artigos das blogueiras, pelo motivo de na web h&aacute; liberdade pra evidenciar o respectivo treino e dieta. E, de acordo com a nutricionista, essa exposi&ccedil;&atilde;o podes at&eacute; ser ben&eacute;fica. — Algumas blogueiras, descrevendo imagens dos treinos e do corpo humano antes e depois, incentivam as pessoas a tamb&eacute;m variar os h&aacute;bitos para obter o corpo humano desejado. Entretanto, cabe aos leitores interpretar as dicas como desafio, e n&atilde;o manual de instru&ccedil;&otilde;es.</p>
<ul>
<li>Como a concorr&ecirc;ncia se posiciona pela internet quanto &agrave;s campanhas</li>
<li>Caldo de cana com leite de coco</li>
<li>Fa&ccedil;a montagens com as tuas fotos</li>
<li>Cap&iacute;tulo 291</li>
</ul>

<p>O questionamento a respeito da credibilidade das garotas que, embora bem-intencionadas, n&atilde;o s&atilde;o qualificadas pra ceder certos “conselhos” veio &agrave; tona nas redes sociais depois dos postagens da livreira Nina Vieira, de vinte e um anos, publicados em janeiro. Neles, a jovem p&otilde;e &agrave; prova a confiabilidade das publica&ccedil;&otilde;es de Gabriela Pugliesi, autora do Tips4Life.</p>

<p>No entanto a honestidade dos postagens foi questionado por Nina e em tumblrs como o Explica, Pugli! Incomodada com a suposta aus&ecirc;ncia de sinaliza&ccedil;&atilde;o das propagandas no blog, o que tira a import&acirc;ncia das dicas da autora - que assim como n&atilde;o &eacute; profissional de nutri&ccedil;&atilde;o ou educa&ccedil;&atilde;o f&iacute;sica - Nina decidiu escrever alguns questionamentos. — Sei que diversas blogueiras fitness executam isto entretanto, de todas elas, a Pugliesi &eacute; uma esp&eacute;cie de s&iacute;mbolo: ela &eacute; a mais visibilidade, a mais comentada, a que mais lucra com essa apresenta&ccedil;&atilde;o. Portanto, questionei somente a honestidade dela em n&atilde;o sinalizar a propaganda. Eu n&atilde;o quis atingir a pessoa Gabiela Pugliesi, eu quis atingir o s&iacute;mbolo Gabriela Pugliesi.</p>

<p>A influ&ecirc;ncia do artigo sobre o conte&uacute;do, supercompartilhado nas m&iacute;dias sociais, surpreendeu a autora. — O curioso deste artigo &eacute; que ele gerou algumas discuss&otilde;es. Por exemplo: se um nutricionista n&atilde;o podes ir dieta pelas redes sociais, por qual pretexto uma blogueira poder&aacute;? Se um nutricionista faz isto &eacute; anti-&eacute;tico. Por&eacute;m e a blogueira? No web site, Gabriela declarou que todas as dicas s&atilde;o espont&acirc;neas e os an&uacute;ncios s&atilde;o devidamente sinalizados.</p>

<p>Ao R7, Alexandre Lima, assessor de imprensa da blogueira, ponderou que toda a pol&ecirc;mica em redor da publicidade do Tips4Life n&atilde;o tem crit&eacute;rio. — S&atilde;o pessoas desejando receber notoriedade em cima de um servi&ccedil;o bem feito. Todo postagem, quando &eacute; publicit&aacute;rio, &eacute; sinalizado. Esse tipo de debate n&atilde;o &eacute; novidade no universo dos web sites. Em 2012, o Conar - Conselho Nacional de Autorregulamenta&ccedil;&atilde;o Publicit&aacute;ria advertiu blogueiras de moda como Thassia Naves, do Web site da Thassia, e a rede de lojas Sephora na publica&ccedil;&atilde;o de artigos pagos sem sinaliza&ccedil;&atilde;o. Bem que a loja e as autoras dos sites negassem cada publicidade, o Conar recomendou que fossem mais transparentes nas publica&ccedil;&otilde;es.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License